social link youtube social link twitter social link facebook

    logotipo


    patreon

    barra vermelha

    O cinema e a guerra

    Personagem real, guerra real, eis o caminho estreito pelo qual Clint Eastwood decidiu se meter a essa altura da carreira. Afinal, como abordar um herói inconteste numa guerra que, sabemos, foi de mentiras?

    O realismo do instinto

    “Bem-vindo a Nova York” (2014), de Abel Ferrara, é um desses filmes que sintetizam um certo estado de coisas, sobretudo por se basear num episódio real e recente da vida de uma personalidade pública.

    Nem mesmo o amor

    “Amor”, de Michael Haneke, é um filme sobre a maturidade. Em primeiro lugar a do autor, que o concebe aos 70 anos de idade, o que faz da obra, antes de tudo, um testemunho.

    Mais de Muriel Paraboni

    Receba a newsletter

    Joomla Forms makes it right. Balbooa.com

    patreon

    ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

    Mínimo Múltiplo

    Porto Alegre - RS

    Rua João Abbott, 283/202
    Petrópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90460-150
    By iweb