social link youtube social link twitter social link facebook

    logotipo mm


    patreon

    barra vermelha

    Esaú, Jacó e um genial autor

    “Esaú e Jacó” pode não ser considerado o melhor romance de Machado de Assis, mas mergulhar nele é uma experiência magnífica. O livro fascina, entre outras coisas, pela leveza da linguagem. Sim: experimente ler algumas páginas em voz alta.

    De médico e louco...

    É com um sentimento que mistura piedade, sarcasmo e muito humor que Machado vai construindo sua crítica a um mundo que se mostrava rendido pelos encantos da Ciência.

    O (não) fabuloso destino de Rubião

    “Ao vencedor, as batatas!”. Machado de Assis sentencia pela boca de Quincas Borba, nas primeiras páginas do livro que leva o nome da infeliz personagem, a frase que melhor o resume.

    Machado afiado

    Machado era um cético, e a ironia com que observa o mundo de seus personagens repassa esse seu ceticismo e a sua visão crítica em relação à humanidade. Ele emprega a ironia para denunciar aquilo que o ser humano tem de ruim – ganância, hipocrisia, mesquinhez – e, ao fazer isso, acaba, ironicamente, criando uma coisa muito boa: cumplicidade com o leitor.

    A Itaguaí machadiana é o Brasil

    Nós, do Mínimo Múltiplo, estamos preparando um especial, a ser publicado na próxima semana, sobre o grande Machado de Assis, em função do...

    Receba a newsletter

    Joomla Forms makes it right. Balbooa.com

    Mínimo Múltiplo

    Porto Alegre - RS

    Rua João Abbott, 283/202
    Petrópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90460-150
    By iweb